Lenda da mulher serpente

Lenda da mulher serpente

Lenda da mulher serpente

A lenda da mulher serpente nasceu na região de Vartoja CE, os pescadores da região alegam te avistado por diversas vezes uma criatura com corpo de serpente e cabeça semelhante a de mulher. Embora nenhum consiga descrever realmente como é a criatura, os relatos mais detalhados apontam para uma cobra do tamanho de uma giboia, e a cabeça com uma deformação semelhante a um rosto de mulher muito feia.

As principais aparições aconteceram no açude Araras, as histórias contadas por moradores da região apontam para uma cabocla ribeirinha. Essa mulher que as pessoas do interior falam, morava em Varjota, vivia com os pescadores, morreu e foi enterrada em um cemitério que fica as margens do rio Araras, porem prometeu que voltaria para Vartoja mesmo morta.

Naquela época, ainda não tinha o rio e ali havia um cemitério, que logo com o andar do tempo, foi coberto por este rio. A lenda diz que por isso a mulher não encontrou o cemitério, e vaga até hoje nas redondezas do rio em busca de descanso.

A lenda da mulher serpente narra também diversos animais mutilados e vários desaparecimentos de pescadores. Vários casos de incursões feitas por moradores da região para descobrir o mistério foram realizados, mas nenhum pescador desaparecido foi encontrado. Relatou-se vários ataques aos cães dos incursores, mas a cobra misteriosa não foi capturada, pois é rápida e ágil, embretando-se no meio no meio de arbustos ou dentro da água.

A lenda da mulher serpente é negada por muitos, que dizem que o que acontece na realidade, é o ataque de uma cobra com deformação genética na cabeça.

Lendas de SC - Lendas gauchas - Lendas do Brasil - Antropologia - Frutas - Imagens para Face - Concursos - Cenaless - Aquarismo - Ivoti - Abelhas - Vagas de emprego - Tirar manchas - Google