Lenda da noiva da Avenida São João

Lenda da noiva da Av. São João

Lenda da noiva da Av. São João

Diz a lenda da noiva da Av. São João, que em meados do início de 1930, na Catedral Metropolitana de São Paulo iria acontecer um grandioso casamento, porém a noiva ficou aguardando o covarde noivo que não compareceu ao compromisso juramentado. Diz o conto popular, que o noivo morava na Av. São João, e com medo de represarias da família da noiva dificilmente saia de casa.

A noiva também nunca saia de casa, e esquisitamente nunca tirava o vestido que usara no dia que foi rejeitada. Anos se passaram, e o mito diz que a noiva começou a sair de casa pela noite a vagar na Av. São João com o mal agourado vestido branco, de véu e grinalda em busca do seu covarde noivo. A cena causava estranheza nos transeuntes noturnos, porém, mais estranheza ainda causou o passeio da noiva mesmo depois que ela foi encontrada morta no seu quarto, vestida de noiva como no dia fatídico do seu casamento.

Hoje a Av. São João tem uma noite movimentada e dinâmica, mas é assunto dos moradores de rua que nas noites escuras de neblina e frio, uma noiva passeia também pelas sombras da avenida, se é a mesma noiva não se sabe, mas o mito permanece.

Lendas de SC - Lendas gauchas - Lendas do Brasil - Antropologia - Frutas - Imagens para Face - Concursos - Cenaless - Aquarismo - Ivoti - Abelhas - Vagas de emprego - Tirar manchas - Google