A lenda da mulher da meia noite faz parte do imaginário das pessoas nas Américas e em toda a Europa.

mulher-da-meia-noite

Mulher da Meia Noite

A Mulher da Meia Noite, também Dama de Vermelho ou Dama de Branco, é um mito universal, que ocorre nas Américas e em toda Europa.

É uma aparição, na forma de uma bela mulher, normalmente vestida de vermelho, mas pode ser também de branco. Alguns dizem que a Mulher da Meia Noite é uma alma penada vagando sem rumo, pois, ainda não sabe que já morreu; outros afirmam que é o fantasma de uma jovem assassinada que desde então perambula sem rumo.

Na verdade, a Mulher da Meia Noite, não aparece à meia-noite, e sim, desaparece nessa hora. Muito bela, parece uma jovem normal. Gosta de se aproximar de homens solitários nas mesas de bares noturnos. Senta com eles, e logo os convida para que a levem para casa.

Encantado com a beleza da Mulher da Meia Noite, todos topam na hora. Entretidos, logo chegam ao destino. Parando ao lado de um muro alto, ela então diz ao acompanhante: “É aqui que eu moro…”. É nesse momento que a pessoa se dá conta que está ao lado de um cemitério, e antes que diga alguma coisa, ela já desapareceu. Nessa hora, o sino da igreja anuncia que é meia noite.

Outras vezes, a Mulher da Meia Noite surge nas estradas desertas, pedindo carona. Então pede ao motorista que a acompanhe até sua casa. E, mais uma vez, a pessoa só percebe que está diante do cemitério, quando ela com sua voz suave e encantadora diz: “É aqui que eu moro, não quer entrar comigo e conversar um pouco?”. Tomado de repente por um alento gelado e tremendo da cabeça aos pés, a única coisa que a pessoa vê, é que ela, contrariando todas suas crenças, acabou de sumir diante dos seus olhos, e ao longe escuta o sino da igreja anunciar que é meia-noite em ponto.

No México há uma versão local, La Llorona, que é uma mulher que afogou seus dois filhos e depois se suicidou. Então perambula chorando, ora pelas margens dos rios em busca deles, ora pelas estradas, carregando nos braços um bebê, e pedindo carona. Quando entra no carro, dá para ver que é uma assombração pelo seu rosto de caveira.

Grande parte dos mitos e lendas assustadores revelam na verdade nosso medo pelo desconhecido, e caso queiram conhecer mais exemplos de mitos ou lendas acesse www.lendas-de-santa-catarina.noradar.com.

Boa leitura e pesquisa!

Lendas de SC - Lendas gauchas - Lendas do Brasil - Antropologia - Frutas - Imagens para Face - Concursos - Cenaless - Aquarismo - Ivoti - Abelhas - Vagas de emprego - Tirar manchas - Google